" Anunciar o Evangelho não é título de glória para mim; pelo contrário, é uma necessidade que me foi imposta. AI DE MIM SE EU NÃO ANUNCIAR O EVANGELHO. (I Cor 9,16)

sexta-feira, 29 de abril de 2011

QUAIS OS BENEFÍCIOS E EFEITOS DA LEITURA ORANTE DA BÍBLIA?

O distanciamento dos católicos desta riqueza inesgotável preocupa a Igreja. Da Palavra de
Deus encontramos Jesus Cristo, a Revelação de Deus aos homens, a salvação da humanidade e a
garantia da vida eterna.
Lutemos por dedicar um tempo para a leitura da Bíblia entre as famílias, nas pastorais, nos
movimentos, enfim, que em nossas comunidades, ela seja lembrada o ano todo e não apenas em
Setembro durante o mês da Bíblia.
Diz São Jerônimo: “A carne do Senhor é verdadeira comida e o seu sangue verdadeira
bebida; é esse o verdadeiro bem que nos é reservado na vida presente: alimentar-nos da sua carne e
beber o seu sangue, não só na Eucaristia, mas também na leitura da Sagrada Escritura.
A Palavra de Deus ilumina a vida dos católicos e está presente na comunidade reunidas em
diversas ações: catequese, liturgia e oração, nos sacramentos, nos cursos e encontros de formação,
etc. Afastar-se dela é perder um importante alimento para a nossa vida interior e de crescimento na
escola da fé.

 QUAIS OS PREJUÍZOS QUANDO NÃO ESTUDAMOS A BÍBLIA?

O discípulo missionário do século XXI precisa estar fundamentado nas Sagradas Escrituras,
sua missão vai ser proclamar àquilo que lê, crê e celebra a partir do seu encontro pessoal com Jesus
Cristo. O anúncio do Evangelho atinge o coração do ser humano quando nos abrimos a experiência
do amor de Deus e da misericórdia contida na Palavra de Deus.
Se nossa experiência com Deus não parte da Sagrada Escritura perdemos uma fonte sagrada
que nos leva a Santidade, além é claro, de dirigirmos nossa vida pela nossa vontade humana e não
pela vontade divina. E infelizmente nos guiamos por outros caminhos que nós conhecemos, por
exemplo, televisão, internet, etc, que nem sempre nos levam para Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário