" Anunciar o Evangelho não é título de glória para mim; pelo contrário, é uma necessidade que me foi imposta. AI DE MIM SE EU NÃO ANUNCIAR O EVANGELHO. (I Cor 9,16)

quarta-feira, 13 de abril de 2011

QUAIS OS BENEFÍCIOS E EFEITOS DA ORAÇÃO?

A oração pessoal possibilita aquele que reza com fé e com perseverança, pois
neste assunto não há imediatismo nem mágicas, e para tanto requer persistência e fidelidade,
angariar no âmbito humano. Ganha em auto-realização, vê mais sentido nas coisas, percebe mais
encanto em seu mundo, sente-se mais cheio de serenidade, equilíbrio e felicidade interior, cresce
sua sensibilidade aos valores profundos da vida, e mais ainda, a oração ajuda a recuperar a
saúde, protege contra a perda da harmonia interior, propiciando autocontrole e serenidade do
coração, e permite enfrentar os problemas da vida com melhores chances de sucesso.
Por sua vez no âmbito espiritual a oração gera uma confiança filial em Deus,
de quem tudo recebemos, nos impulsiona a uma fé mais viva, ao mesmo tempo que dela
procede, fortalece nossa vontade na busca pela santidade de vida, nos leva a uma experiência
mais profunda do amor de Deus, faz iniciar em nós um processo contínuo de cura interior, assim
como vai sedimentando em nosso coração as virtudes cristãs, e opera a libertação interior dos
vícios e de seu enraizamento em nossas estruturas humanas. Uma vez que não podemos dizer
Jesus é o Senhor senão pela moção do Espírito Santo, como nos ensina o Catecismo: “cada vez
que começamos a orar a Jesus é o Espírito Santo que, por sua graça preveniente, nos atrai ao
caminho da oração”, assim sendo, o Espírito Santo é o nosso Mestre interior que move nossa
oração, que derramado aumenta em nós os seus dons. E desejamos acrescentar o fruto por
excelência da oração cristã que nos faz experienciar a graça da salvação que Jesus veio trazer a
todos os que nEle crer, pois quem nele crê possui a vida eterna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário