" Anunciar o Evangelho não é título de glória para mim; pelo contrário, é uma necessidade que me foi imposta. AI DE MIM SE EU NÃO ANUNCIAR O EVANGELHO. (I Cor 9,16)

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Parábola do homem rico...


Diz o Senhor: Guardai-vos escrupulosamente de toda avareza, porque a vida do homem, ainda que ele esteja na abundância, não depende de suas riquezas ( Lc 12,15)
Jesus nos exorta a não nos apegarmos excessivamente ao dinheiro, a coisas materiais, pois tudo passa, nada que é material dura por muito tempo. Até nós um dia passaremos, por isso não adianta querer ser rico para si mesmo e não ser rico para Deus. O Senhor nos conta um parábola de um homem rico (Lc 12,16-20) que guardava suas riquezas e se esquecia de buscar os tesouros do céu... Um dia ele morreu, e tudo aquilo que ele tinha guardado durante toda a sua vida ficou. Assim também somos nós, as vezes buscamos tantas coisas, o prazer, o ter, o ser, e nos esquecemos de buscarmos as coisa do alto, os tesouros do céu, onde não os consomem as traças nem a ferrugem. ( MT 6,19)
Pois onde estiver o nosso tesouro aí está o nosso coração. (Lc 12,34). E onde você quer que esteja o seu coração? Em Deus ou nos seus bens? Quem é o seu tesouro? Se é Deus, você é feliz e ricamente abençoado. Se não for, é tempo de despertar para essa realidade de fé e está com “lâmpadas acessas”, vigilantes, “acordados”, a espera do Senhor que virá. Busquemos o alto, busquemos Deus acima de tudo e seremos eternamente felizes.








Nenhum comentário:

Postar um comentário